**********************************************

"Não tente me encontrar
nas linhas do que escrevo,
Pois estou além...
Estou no mundo do sonho."
* Silvia Schiefler *

terça-feira, setembro 28, 2010


São sete véus...
Um a um
Tu vais tirando...
Os véus dos meus segredos,
Revelando todos
E guardando-os só pra ti!
Em cada gesto meu,
Descobres mais um mistério!
A cada provocação,
A cada sedução...
Uma parte minha se expõe.
E assim vou me desnudando,
Mostrando-me inteira,
Completa...
Mulher, pele, alma, coração...
Mulher de amor,
Cheia de desejo,
Sem recato ou pudor...

                                           

domingo, setembro 26, 2010


Voando pelos céus da vida

Em busca de amor e paixão...

No som do vento,

Nas asas da liberdade,

Canta a fada uma canção!

A melodia tão bela,

Traz à tua lembrança

Cada curva do meu corpo inteiro

Já me revelei inteira...

Conheces TUDO...

Corpo, Alma, Coração...

Pensamentos, vontades, sonhos...

Desde a ponta dos pés que já nem tocam mais o chão...

Até os cabelos que te envolvem feito véu...

TUDO já conheces!

E conheces decor...
Como sempre repetes:

"A mulher dos meus sonhos
que agora é real"...

Tua eterna paixão!!!

Lúcida, clara... Encantada,

Sem nem colocar os pés no chão...

E que ocupa cada espaço do teu coração...

Nossa história será escrita

Cada pedacinho... A quatro mãos...
                                                                                       
                        

sexta-feira, setembro 24, 2010



Presente Para...


Se eu pudesse te dar um presente precioso,
Te roubaria do teu mundo hoje...
Talvez nem soubesse pra onde te levaria...
Mas te daria asas.
Asas brancas como as minhas...
E seríamos os dois iguais.
Assim te levaria pra qualquer lugar...
Em completa liberdade!
Liberdade pra sentir o que quiséssemos...
Pra falar de tudo e de nada...
Ou só de amor.
Pra falar do que já passou
E do que virá,
De coisas sérias e coisas bobas...
Voaríamos lado a lado e pousaríamos na flor
Que chamasse mais atenção...
Pelo menos por hoje, sumiríamos do mundo.
Seríamos parte de tudo...
Pura poesia, um dia de liberdade extrema.
Liberdade pra provar o que tivéssemos vontade.
Liberdade para olhar fundo nos olhos
E dizer tudo que se tem vontade...
Perguntar o que tem por curiosidade saber.
Voar sobre as luzes da cidade adormecida...
Sobre o mar
E sob o céu pontilhado de estrelas.
Liberdade pra chorar de alegria,
Pra pedir um abraço
E ganhar um beijo...
Ou um colo pra aplacar a saudade
E o cansaço de tanto tempo de busca...
Por um dia eu te roubaria e te daria asas
E liberdade para amar...
Mas falta pouco agora...



quarta-feira, setembro 15, 2010


Ah!!!! Esse teu olhar...
Que faz meu coração suspirar...
Sonho descobrir
Tudo que mais gostas.
Eu sei...
Irás responder que já sei muito...
Mas quero saber mais,
Tudo que te faz sorrir
Tudo que te deixa em paz
Quero descobrir...
O que te faz olhar desse jeito pra mim.
E desde quando sorri assim...
Saber de todos os teus quereres...
Pra fazer feliz o coração que bate aí...

                                          

sexta-feira, agosto 27, 2010


Sem sentido...

É estranho?

Pode até ser...
Vejo cores,
Quando sinto cheiros.
Revivo emoções,
Quando às vezes sonho.
Antecipo o destino,
Quando paro pra pensar.
Consumo o prazer,
Quando leio teus lábios,
Desnudo minha alma,
Quando vejo a lua.
Apresso as horas,
Sinto-me dona do mundo,
Quando quero te ter...

                         

segunda-feira, agosto 02, 2010

Falta Quanto?!?!...

Falta uma volta...
Falta pouco agora!
O relógio...
Nem pra frente,
Nem pra trás...
Mesmo assim tudo gira...
Tudo roda à nossa volta!
Volta pra casa...
Fim da viagem...
Falta pouco agora!

                        

sexta-feira, julho 30, 2010


Exagerado... 

Como poderia resistir?!?!

Se és como o mar,

Que invade sem rodeios...

Quando sinto teu perfume,

Sinto o mundo aos meus pés...

Exagerado???

Sempre...

Completamente...

Extremamente...

E-xa-ge-ra-do!!!